• Document: A história do povo Judeu. Escrito por
  • Size: 256.39 KB
  • Uploaded: 2018-12-12 19:38:23
  • Status: Successfully converted


Some snippets from your converted document:

A história do povo Judeu Escrito por Para se poder compreender o Antigo Testamento é importante que se conheça a história do povo hebreu, pois sabemos que é através deste povo que Deus se manifestou à humanidade, e preparou´a para receber o seu Filho amado. A história do povo hebreu começou na região da Caldéia, hoje é o Iraque. Era uma região bem desenvolvida para aquela época, 4000 anos antes de Cristo (aC). Também havia outra grande civilização que era a do Egito. Entre a Caldéia e o Egito havia pequenos reinos, como a Síria e Canaã (Palestina). Já havia um código de leis, o Código do rei Hamurabi, por volta do ano 1800 aC. Alí vivia o patriarca do povo hebreu, Abrão, depois Abraão (Gen 17,1s). Deus o chamou para uma terra distante, tirando´o do meio dos pagãos que adoravam muitos deuses, para formar o ´seu´ povo, de onde nasceria o Salvador de toda a humanidade. Para que o Verbo divino pudesse se encarnar e salvar a humanidade afastada de Deus pelo pecado, Deus preparou este povo durante cerca de 1800 anos. Esta é a longa e bela história que o Antigo Testamento nos conta, mostrando a ação de Deus. Abraão, conduzido por Deus, deixa a cidade de Ur na Caldéia, e vem para a terra prometida por Deus, a Palestina, hoje Israel. Alí o povo de Abraão viveu muitos anos. De Abraão com Sara nasceu Isaac; de Isaac com Rebeca nasceu Jacó, de Jacó e Raquel nasceram os 12 filhos que se tornaram depois a doze tribos de Israel (Rubem, Simão, Levi, Judá, Issacar, Zabulon, José, Benjamim, Dã, Neftali, Gad e Aser). É importante notar que o número 12 para os judeus se tornou importante, símbolo da plenitude. Por exemplo, Davi era descendente de Judá, a profetisa Ana era da tribo de Aser. No tempo de Jacó na Palestina, uma grande fome assolou o povo judeu que precisou ir para o Egito, por volta do ano 1600 aC. Deus providenciou isto aproveitando´se do pecado dos filhos de Jacó, os quais tinham vendido o irmão caçula José, por inveja, a mercadores que o levaram para o Egito. Alí, pela graça de Deus, José se tornou grande e governador do Egito. Assim, Jacó pode vir para a região do delta do rio Nilo, a mais próspera do Egito; alí o povo judeu ficou cerca de 400 anos. Quando o faraó do Egito morreu, sua descendência escravizou o povo judeu. Deus libertou o seu povo daquela escravidão através de Moisés (Êxodo), por volta do ano 1250 aC.; fazendo o povo atravessar milagrosamente o mar Vermelho ´a pé enxuto´, o levou para o deserto, onde celebrou com o povo, através de Moisés, no monte Sinai, uma Aliança. O sinal desta Aliança, que vigoraria até que chegasse Jesus Cristo, foram as tábuas da Lei. Alí, Deus escreveu ´com o próprio dedo´, os Mandamentos que o povo devia seguir sempre. Neste momento o povo celebrou a Páscoa, como um acontecimento a ser lembrado para sempre. O sinal da presença de Deus era a Arca da Aliança, dentro da qual estavam as tábuas da Lei. 1/7 A história do povo Judeu Escrito por Depois de caminhar 40 anos no deserto o povo chegou a Canaã, a terra prometida. Essa travessia poderia ter sido feita em apenas duas semanas, mas Deus deixou o seu povo peregrinar pelo deserto a fim de lhe purificar da idolatria, e para formá´lo segundo as suas leis, especialmente para aprender o monoteísmo (adorar o único Deus). Israel conquistou a Palestina (Canaã, terra dos cananeus), por volta do ano 1200aC., atravessando o rio Jordão, sob o comando de Josué que sucedeu a Moisés. Israel tomou Jericó e conquistou a Palestina que foi então dividida em doze territórios de acordo com as doze tribos. Houve muitas lutas contra os antigos povos dessa região, mas Israel, por vontade de Deus, ocupou Canaã. Foi o período dos Juízes, que vieram após Josué e duraram cerca de 200 anos, até cerca do ano 1000 aC. Os juízes mais importanes foram Débora, Baraque, Jefté e Sansão. Assim o povo hebreu aos poucos foi se organizando e formando um reino no meio dos seus vizinhos: moabitas, filisteus, jebuzeus, amorreus, etc.. O último juiz, que também era profeta, Samuel, depois de alguma resistência, por ordem de Deus, sagrou o primeiro rei de Israel, Saul, por volta do ano 1000 aC. Saul foi apenas um rei pequeno e local, coube a Davi, seu sucessor, firmar o poder real, primeiro sobre a tribo de Judá, e depois sobre as demais tribos, tornando´se assim, de fato, o primeiro rei de todos os hebreus. Davi reinou 40 anos em Israel. A ele Deus prometeu através do profeta Natan que um dos seus descendentes seria o ´Rei eterno´ (2Sm 7, 1´17). Davi foi sucedido por seu filho Salomão, no ano 970 aC. Salomão fez aliança com Tiro e com o Egito e construiu o Templo de Jerusalém. O filho de Salomão, Roboão sucedeu´lhe depois de 40 anos; mas no ano 930 houve um grande desentendimento entre as doze tribos de Israel (Cisma) e o reino se dividiu em duas partes: as 10 tribos do Norte separaram´se das tribos do Sul, Judá e Benjamim. Roboão tornou´se

Recently converted files (publicly available):