• Document: SUMIDOUROS E VALAS DE INFILTRAÇÃO
  • Size: 2.87 MB
  • Uploaded: 2019-02-13 17:34:24
  • Status: Successfully converted


Some snippets from your converted document:

SUMIDOUROS E VALAS DE INFILTRAÇÃO Projeto Permanente de Educação Ambiental PPEA Sumário 1-Generalidades 2-O que é o sumidouro e como funciona? 3-Aspectos Construtivos 4-Prescrições Normativas e Critérios de Dimensionamento 5-Exemplo de Dimensionamento 6-O que são as valas de infiltração e como funcionam? 7-Prescrições Normativas e Critérios de Dimensionamento 8-Aspectos Construtivos 9-Exemplo de Dimensionamento 1. Generalidades -Após passar pela fossa, o efluente líquido, isento de materiais sedimentáveis e flutuantes (retidos na fossa) deve ser disposto de alguma forma no meio ambiente. -Entre os processos eficientes e econômicos de disposição do efluente líquido das fossas estão: • diluição (corpo d’água receptor) • sumidouro • vala de infiltração • vala de infiltração e filtro de areia -Para escolha do processo mais adequado devem ser considerados • Natureza e utilização do solo; • Profundidade do lençol freático; • Grau de permeabilidade do solo; • Utilização e localização da fonte de água de subsolo, utilizada para consumo humano; • Volume e taxa de renovação das águas de superfície; OBS: No Condomínio Alto da Boa Vista, as formas de disposição do esgoto adotadas são: sumidouro ou valas de infiltração. Sendo, esta última, empregada na quadra 206, onde o lençol freático é muito superficial. - O lançamento de esgoto no solo acarretará um transporte (vertical e horizontal) das matérias poluidoras, cuja distância e direção variarão principalmente com a porosidade do solo e a localização do lençol freático. - Pesquisas na Califórnia registram a presença de bactérias típicas dos esgotos, depois de 33 horas do lançamento de esgotos no subsolo, a uma distância de 30 m do ponto de disposição dos esgotos - Reduções nas concentrações também são registradas em virtude dos efeitos de filtração e mortalidade das bactérias. - A localização de poço para consumo de água deve considerar o círculo de influência da água consumida e possíveis interferências com a área contaminada pelo lançamento dos esgotos no solo. 2. O que é o sumidouro e como funciona? -Sumidouro: Conceito e aplicação - Os sumidouros consistem em escavações, cilíndricas ou prismáticas, tendo as paredes revestidas por tijolos, pedras ou outros materiais. A disposição desses materiais deve ser tal que permita fácil infiltração do líquido no terreno. -Os sumidouros tem a função de poços absorventes, recebendo os efluentes diretamente das fossas sépticas e permitindo sua infiltração no solo. - Possuem vida útil longa, devido à facilidade de infiltração do líquido praticamente isento dos sólidos causadores da colmatação. 3. Aspectos Construtivos -Os sumidouros devem ter as paredes revestidas de alvenaria de tijolos, assentes com juntas livres, ou de anéis (ou placas) pré- moldados de concreto, convenientemente fundos, e ter enchimento no fundo de cascalho, pedra britada e coque de pelo menos 0,50 m de espessura. -As lajes de cobertura dos sumidouros devem ficar ao nível do terreno, ser de concreto armado e dotadas de aberturas de inspeção com tampão de fechamento hermético, cuja menor dimensão em seção seja de 0,60 m: 4. Prescrições Normativas e Critérios de Dimensionamento -Os sumidouros devem preservar a qualidade das águas superficiais e subterrâneas, mediante estrita observância das prescrições da NBR 7229/1993: Projeto, construção e operação de sistemas de tanques sépticos. -A norma NBR 7229/1993 prevê três tipos básicos de sumidouros: • Cilíndricos sem enchimento • Cilíndricos com enchimento • Prismáticos • As figuras a seguir apresentam esquemas dos 3 tipos citados Figura 1:Esquema para sumidouros cilíndricos: com/sem enchimento Fonte: [1] Figura 2: Esquema para sumidouros prismáticos Fonte: [2] -As dimensões do sumidouros são determinadas em função da capacidade de absorção do terreno, calculada segundo prescritos no item: B-9-Determinação da capacidade de absorção do solo, da norma NBR-7229/1993. -Para determinação da capacidade de absorção do solo é necessário realizar um ensaio de de infiltração do solo. -Ensaio de infiltração do solo: A norma NBR-7229/1993 prevê duas alternativas para o ensaio. Uma em cova prismática e outra em cova cilíndrica. • Ensaio de infiltração em cova prismática-metodologia -Escolher três pontos do terreno próximos ao local onde será lançado o efluente da fossa séptica. -No caso de sumidouro, realizar escavações em profundidades diferentes e no fundo de cada uma das três escavações abrir uma cova de seção quadrada de 30 cm de lado e 30 cm de profundidade. (a escolha das prof

Recently converted files (publicly available):