• Document: Sistema circulatório
  • Size: 781.64 KB
  • Uploaded: 2019-05-17 18:42:31
  • Status: Successfully converted


Some snippets from your converted document:

Sistema circulatório O que é: também conhecido como sistema cardiovascular é formado pelo coração e vasos sanguíneos. Tal sistema é responsável pelo transporte de nutrientes, gases, hormônios, excreções e anticorpos para as diversas partes do corpo. Como o sangue é o responsável pelo transporte, é possível afirmar que a circulação sanguínea corresponde a todo o percurso do sistema circulatório. No caso dos mamíferos, o sistema circulatório é fechado (o lado direito não se conecta ao esquerdo) e dividido em dois átrios e dois ventrículos → a eficiência desse sistema é responsável por permitir o modo de vida endotérmico. Componentes do Sistema Circulatório: ↔Sangue: é um tecido conjuntivo formado por plasma e elementos figurados que, nesse caso, são as células (leucócito, eritrócitos e plaquetas). •Plasma: é a parte líquida do sangue, sua composição é de 90% de água, mas contém também íons, proteínas e substâncias transportadas. A água é a substância responsável por manter o volume sanguíneo constante. •Células: subdivide-se em leucócitos (glóbulos brancos), eritrócitos (glóbulos vermelhos, também conhecido como hemácia) e plaquetas (fragmento celular, originado da célula megacariócita). OBS: COAGULAÇÃO SANGUÍNEA Uma ruptura na parede do vaso sanguíneo expõe proteínas que atraem plaquetas e iniciam a coagulação, a conversão de componentes líquidos dos sangue em um coágulo solido. Quando os coágulos se formam nos vasos sanguíneos, bloqueando a corrente sanguínea eles são chamados de trombos. ↔Coração: órgão do sistema circulatório que possui como função bombear sangue para o corpo. Tal órgão não absorve nenhum nutriente do sangue que passa por ele, o pega através das artérias e das veias. Localiza-se em uma região denominada mediastino, entre os dois pulmões, sendo que a ponta está virada para o lado esquerdo. O movimento de sístole é a contração do coração e o de diástole é o relaxamento. •Válvulas do coração: A mitral, também conhecida como bicúspide possibilita o fluxo sanguíneo entre átrio e ventrículo esquerdos, a tricúspide possibilita o fluxo sanguíneo entre átrio e ventrículo direitos, a aórtica localiza na saída do ventrículo esquerdo para a aorta, possibilitando o fluxo sanguíneo entre essas duas estruturas e, por fim, a pulmonar que está localizada na saída do ventrículo direito para a artéria pulmonar, possibilitando o fluxo sanguíneo entre essas duas estruturas. As válvulas aórtica e a pulmonar são conhecidas como semilunares e se abrem pela pressão gerada durante a contração dos ventrículos. ↔Veias, artérias e capilares: possuem a mesma composição. A artéria sai do coração e a veia chega ao coração. Sendo assim, é preciso que a artéria tenha maior resistência, possuindo um tecido conjuntivo com mais fibra elástica, pois a pressão com a qual o sangue sai do coração é maior do que a que chega, logo, caso não tivesse mais fibra elástica estouraria. Quanto menor a pressão, mais finos os tecidos, sendo o capilar composto apenas por tecido endotélio e por membrana basal. Obs: a artéria tem sístole e diástole assim como o coração. •Função dos capilares: a troca de substâncias entre o sangue e o líquido intersticial ocorre ao longo da fina parede do endotélio dos capilares. O coração humano é tetracavitário, possui dois átrios e dois ventrículos. O lado direito do coração não pode comunicar com o esquerdo, para possibilitar uma circulação completa (em que o sangue venoso não se mistura com o arterial) que auxilia na homeotermia. O que faz o sangue fluir: a pressão arterial, oriunda da força feita pelo coração, faz o sangue fluir na artéria (na veia essa pressão é desprezível); a existência de espasmos musculares, ou seja, contrações musculares e a pressão oncótica que nada mais é que a pressão osmótica do sangue que possui esse nome por ter como principal soluto uma proteína (albumina). À medida que a pressão arterial vai diminuindo, a pressão oncótica vai aumentando → a pressão arterial é responsável pela perda de plasma (o local em que a perda de plasma ocorre em maior quantidade é no capilar) enquanto a pressão oncótica é responsável pela absorção do plasmo que ocorre em maior quantidade na veia. ##O PLASMA SAI POR CAUSA DA PRESSÃO ARTERIAL E NÃO SAI TOTALMENTE POR CAUSA DA PRESSÃO ONCÓTICA. LOGO, UMA É OPOSTA A OUTRA.## VASOS LINFÁTICOS: são necessários porque a pressão oncótica faz voltar menos plasma na veia uma vez que é necessário apenas compensar a diferença de pressão. Próximo ao coração o vaso linfático encontra com a veia, possibilitando que a quantidade de plasma que retorna seja igual ao que saiu. Circulação sanguínea: no ser humano, como em todos os mamíferos, a circulação é feita através de um sistema fechado de vasos sanguíneos, cujo núcleo funcional é o coração. A circulação

Recently converted files (publicly available):