• Document: INTRODUÇÃO. Análise Financeira. Gestão Financeira
  • Size: 103.37 KB
  • Uploaded: 2019-02-13 16:52:07
  • Status: Successfully converted


Some snippets from your converted document:

INTRODUÇÃO Alexandra Cardoso 1 Ricardo Correia Análise Financeira • Dar a conhecer a situação económico-financeira e monetária – A partir de documentos de informação contabilística • Situação financeira – Equilíbrio Financeiro, Solvabilidade, Endividamento, Ciclo de Exploração... • Situação Económica – Resultados, Rentabilidade • Situação Monetária – Meios Libertos da Actividade / Cash-Flows Alexandra Cardoso 2 Ricardo Correia Gestão Financeira • Apreciação da capacidade financeira da empresa (necessidades/recursos) • Utilização de instrumentos e métodos para avaliação da situação financeira e desempenho • Estudo das decisões financeiras assumidas pela empresa Alexandra Cardoso 3 Ricardo Correia 1 CONTABILIDADE (Geral, Analítica) SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PARA GESTÃO Requisitos da Informação Financeira Oportunidade – Estar disponível em tempo útil Economicidade – Ser útil sempre com a lógica custo benefício Credibilidade - Estar de acordo com os princípios contabilísticos Quantificação – Ter medição efectiva e universal Alexandra Cardoso 4 Ricardo Correia Características da informação Financeira Compreensibilidade A informação deve ser clara e objectiva e de fácil compreensão para os utilizadores. Relevância A informação deve pertinente e deve ser apresentada em tempo útil. Fiabilidade Deve ser desprovida de erros, omissões ou juízos de valor. Comparabilidade A informação deve ser preparada de modo consistente ao longo dos vários períodos, com um lógica de continuidade Alexandra Cardoso 5 Ricardo Correia Demonstrações Financeiras - Evidenciar o desempenho dos responsáveis da empresa - Proporcionar informação sobre a posição financeira da empresa - Auxiliar tomada de decisão Utilizadores da informação financeira - Financiadores - Trabalhadores - Fornecedores - Clientes - Público - Accionistas - Estado Alexandra Cardoso 6 Ricardo Correia 2 Os Princípios Contabilísticos Geralmente Aceites (PCGA) Continuidade – A empresa opera continuamente Consistência – A política contabilística não deve alterada sem justificação Especialização ou Acréscimo – Os proveitos e os custo devem ser reconhecidos no período económico a que respeitam, independentemente dos momentos de recebimento ou pagamento. Custo histórico –Os registos contabilísticos devem-se basear nos custos de aquisição ou produção. Prudência – O grau de precaução e de estimativa deve ser razoável (reservas e provisões) Substância sob a forma – As operações devem ser contabilizadas atendendo à realidade financeira Materialidade –Evidenciar todas os elementos que sejam relevantes para qualquer avaliação ou decisão dos interessados Alexandra Cardoso 7 Ricardo Correia Classe Fluxos Elementos Patrimoniais Natureza do Saldo (A/P) 1 – Disponibilidades Monetários Bens Monetários – A Sd ( ∆ + - D / ∆ - - C) A receber Direitos – A Sd ( ∆ + - D / ∆ - - C) 2 – Terceiros Financeiros A pagar Obrigações – P Sc ( ∆ + - C / ∆ - - D) Bens relacionados com a 3 – Existências Sd ( ∆ + - D / ∆ - - C) Reais actividade produtiva – A Bens relaci

Recently converted files (publicly available):