• Document: Harmonia 1. Por: Alan Gomes
  • Size: 3.59 MB
  • Uploaded: 2018-12-25 14:13:50
  • Status: Successfully converted


Some snippets from your converted document:

Harmonia 1 Por: Alan Gomes _________________________________________________________________________________ NOTA Este método foi planejado e desenvolvido para ser um diferencial no mercado, com conteúdos bastante explicativos e completos, visando tanto o iniciante quanto o profissional da área, que necessita se aperfeiçoar, porém não encontra materiais adequados para este fim, em português. Ao todo, serão três volumes totalizando aproximadamente mil páginas e 700 exercícios (com correções a serem publicadas posteriormente), além de cerca de 500 músicas rigorosamente selecionadas. Tudo isso para que o leitor consiga tirar o maior proveito possível desta arte chamada Harmonia. No entanto, não é destinado à curiosos. Apesar da revisão de escalas, intervalos e formação de acordes, no início do método, parto do pressuposto de que o leitor já saiba (e bem, preferencialmente) teoria musical, além de um certo domínio de seu instrumento para visualização prática do conteúdo. Lembre-se que há uma grande diferença entre entender e saber. Atingir o primeiro é fácil. Depende apenas de uma leitura superficial da matéria e de, no máximo, resolução de alguns exercícios. E por experiência, tenho absoluta certeza de que muitos pararão por aqui e que, após concluído (total ou parcialmente) tal objetivo, este método estará condenado ao canto escuro e empoeirado da estante. Porém, somente com muita dedicação e persistência, o leitor atingirá o domínio do conteúdo no seu mais alto grau de informação, adquirido principalmente pela prática contínua do mesmo. Resolva o máximo de exercícios que puder e, principalmente, aplique seus conhecimentos no instrumento, sem medo de errar (lembre-se que só aprendemos os acordes certos tocando os errados). Com isso, aos poucos, a nova linguagem será internalizada, enriquecendo seu vocabulário e, por conseqüência, desenvolvendo substancialmente sua percepção harmônica. Afinal de contas, só conseguimos ouvir o que somos capazes de fazer. Enfim, tenho o prazer de disponibilizar aqui não só o caminho das pedras, mas uma verdadeira excursão por este maravilhoso mundo da harmonia funcional. Todos a bordo! Um grande abraço e bons estudos. Alan G. Santos _____________________________________________________________________________ 2 Alan Gomes Harmonia 1 _________________________________________________________________________________ SOBRE O AUTOR Alan Gomes é arranjador, compositor, pianista e maestro, formado pela Universidade de Brasília. Formado também nos cursos técnicos de piano erudito, órgão eletrônico, teclado, harmonia, história da música, música popular e folclórica, teoria e percepção musical, música de câmara e canto coral pelo Instituto de Música do DF e Escola de Música de Brasília. No piano popular, estudou por vários anos com Daniel Baker e Renato Vasconcellos. Participou de diversos cursos técnicos de especialização, incluindo os cursos de verão da Escola de Música de Brasília, onde estudou arranjo com Vittor Santos, regência com o Maestro Claude Villaret (Suíça), harmonia com Ian Guest, piano popular com Cliff Korman (E.U.A.) e Leandro Braga, e improvisação com Ademir Jr., entre outros, e os cursos de harmonia com Ian Guest e improvisação com Nelson Faria, pela UnB. Atuou durante 5 anos na Orquestra de Órgãos e Teclados de Brasília como regente adjunto, solista e arranjador, 9 anos na Orquestra de Alunos dos Cursos de Órgão e Teclado do Instituto de Música como regente titular, solista e arranjador, e 4 anos no Coro do Instituto de Música como regente adjunto, pianista co-repetidor, coralista e arranjador, participando de diversos musicais da capital, como “A bela a fera” e “O fantasma da ópera” (orquestra), “Fame”, “Evita” e “Cats” (coro), entre outros. Também trabalhou com o Coral das Faculdades ICESP (regente adjunto e co- repetidor), Coral da Associação Médica de Brasília – AMB (regente adjunto e co-repetidor), Coral Vozes da Justiça – Ministério da Justiça (regente adjunto e co-repetidor) e Coral do Templo da Boa Vontade (TBV – regente adjunto e co-repetidor). Além disso, foi arranjador e pianista de musical independente “Coqueiro que dá coco” e do espetáculo “Ary Barroso, 100 anos”, professor de teclado e órgão do Instituto de Música do DF e do Centro de Artes Claude Debussy durante 5 anos, professor de teclado do Centro de Ensino Galois e tecladista de diversas bandas da cidade. Atualmente desenvolve trabalhos com diversos grupos instrumentais de jazz e mpb, é professor de piano (erudito e popular), teclado e matérias teóricas do Centro Musical Toque de Classe e da academia BSB Musical, além de atuar como pianista e arranjador de diversos cantores da cidade, pianista para eventos em

Recently converted files (publicly available):